sexta-feira, 13 de maio de 2016

TOLERAR OS ESPINHOS, É ESTÁ PRONTO PARA PÔR A CORÔA...



AS RÉPLICAS ESTÃO EM TODOS OS LUGARES... 
Leia o texto, vale apena!

Uma igreja clandestina - União Soviética - 1978 -

Eles estavam cantavam uma canção para Jesus quando os soldados entraram com rifles nas mãos. O culto foi imediatamente interrompido pelos soldados do exército soviético, que invadiram o local da reunião com toda a selvageria. Ninguém sabia como eles tinham localizado aquela igreja clandestina que se reunia no mesmo local a bastante tempo. "O que vocês estão fazendo aqui?" eles gritaram. "Estão adorando ao seu Deus imaginário? Os membros da igreja ficaram assustados pensando que, provavelmente haveria mais soldados armados esperando-os do lado de fora para leva-los a prisão. Mas o que estava para acontecer era bem pior do que simplesmente ser preso. De repente, o soldado em comando, gritou: "Todos aqueles que são fiéis a Deus fiquem de pé do lado direito da igreja, pois vocês serão fuzilados por sua fé. São vocês que decidem se vão viver ou morrer. Os fiéis a esse chamado "Deus", morrerão. Mas os que O negarem sairão livres". Cinco minutos antes, todos igualmente cantavam louvores a Deus. Mas agora era uma questão de vida ou morte. Muitos se levantaram e foram para a esquerda, alguns poucos, corajosamente, colocaram -se a direita, enquanto faziam rapidamente suas últimas orações. Famílias separadas queriam ficar unidas, mas alguns estavam num lado e outros do outro.  
Um dos soldados disse: "Vocês do lado esquerdo já podem sair".  

Eles deixaram o local sem conseguir olhar no rosto de seus irmãos e parentes que em breve morreriam. Estavam tomados de vergonha. Quando somente os da direita ficaram, os soldados colocaram suas armas nos assentos e lhes disseram: "Nós também somos cristãos! Mas queríamos adorar a Deus sem os hipócritas. Agora, vamos continuar o culto".  

Hoje todos estão muito parecidos. Está cada dia mais difícil diferenciar cristãos verdadeiros de simples réplicas. Convertidos e convencidos se misturam na multidão. Mas está chegando a hora da verdade, e quem não for de verdade não vai suportar a verdade. Os loucos por Jesus se parecem com os outros, mas não são como os outros.


"Ser fiel até a morte e darte-ei a Coroa da vida".

Vc precisa ler esse texto.🙏
#‎PastorClaudioRenato‬
‪#‎ProfetaQueAndaNaContraMão‬

sexta-feira, 8 de maio de 2015

1ª ARENA MISSIONÁRIA DE IMPACTO EVANGELÍSTICO & AÇÃO SOCIAL


1ª ARENA MISSIONÁRIA DE IMPACTO EVANGELÍSTICO & AÇÃO SOCIAL

DATA: 20, 21/Junho (SÁB/DOM.)
Participação Especial: Caravana Missionária do Estado do Rio de Janeiro - RJ


Mais uma vez a AMICC em conjunto com a secretaria Estadual de Missões da Assembleia de Deus Ministério Ageu 2.9 Internacional de Missões no Estado de Minas Gerais está com uma ótima campanha de mobilização missionária para o ano de 2015. Na programação para o sábado (20) incluirá um dia de muitas atividades de cunho missionário com a caravana do Rio de Janeiro.

A sugestão da Secretaria de Missões é que haja cruzadas evangelísticas, cultos relâmpagos, impacto evangelístico, cultos familiares, etc.

A Mobilização terminará no Domingo 21 de junho com um grande clamor missionário e o recolhimento de uma oferta especial para atender as demandas da Secretaria. Para saber mais informações detalhadas sobre a , visite a Fan Page Oficial da AMICC: https://www.facebook.com/agenciamissionaria?ref=hl. Divulgue este post.


"A obra missionária é a prioridade da igreja na terra. A Grande Comissão deve ocupar o coração de cada servo de Deus."

A Deus Seja Glória!!!

ASSOCIAÇÃO MISSIONÁRIA CONTINENTAL CORBÃ - AMICC
Projeto Missão A Paz do Verbo em Minas Gerais - MG
*Claudio Renato, Pr.
Diretor Executivo da AMICC
*Samuel Malafaia, Pr.
Presidente de Honra

Contatos: ZAP 21 97112-2427 (VIVO)
**P.S: Breve Cartaz Oficial

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE ALIMENTOS - PROJETO MISSÃO SOLIDÁRIA

CAMPANHA DE DOAÇÃO DE ALIMENTOS
A Obra Social da AMICC e o Projeto Missão Solidária pede a sua colaboração na doação de alimentos não perecíveis para a montagem de cestas básicas às famílias dos estados do RJ e MG, e famílias que estão cadastradas no projeto. Doe alimento a quem precisa de ajuda, na Secretaria de Ação Social da Missão, ou iremos até o local para retirar a doação. Você também pode contribuir em espécie no momento do Ofertório dos Cultos na AD Bom Jardim - ADMAIM.


A Associação Missionária Continental Corbã convida você, seus amigos e parentes para participarem desta Campanha Solidária, trazendo um pouco de alegria aos mais necessitados.

Doe para quem precisa: 

Arroz – Feijão – Macarrão - Farinha de Mandioca
Farinha de Trigo - Açúcar – Leite – Café – Fubá
Óleo de Soja – Sardinha em Lata – Sal - Biscoitos
Alimentos não perecíveis diversos

ACOLHER A QUEM PRECISA É A NOSSA MISSÃO

Organização:
ADMAIM - AMICC - Projeto Missão Solidária
Rua Francisco Santos Santos, 159 - Centro - Bom Jardim - MG
INF: 032 8510-0577 / 021 7735-5793

Todos os direitos reservados.
© AMICC - Associação Missionária Continental Corbã - Projeto Missão Solidária


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

O PROJETO SOCIAL "A PAZ DO VERBO" PEDE A SUA AJUDA:


"A melhor maneira de ser feliz é contribuir para a felicidade dos outros."

# A AD Bom Jardim é uma frente missionária no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país e conta com a sua ajuda para continuar anunciando a Palavra de Deus e promover esperança aos corações d'aqueles que se encontram as margens do caos social e espiritual. Deus nos tirou de nossa cidade e nos trouxe para esta terra onde o índice de suicídio é muito elevado por consequência de variados motivos, e um histórico de vida de um povo que a dezenas de anos vive como presa fácil da idolatria.

#Solicitamos a sua doação, seja de qualquer forma ou espécie como: Tinta de parede, móveis de escritório, computador, impressora, Caixa de som, microfone, lâmpadas, ventiladores, fogão, bebedouro, material didático infantil, Bíblias, livros, data show, roupas em geral (recém nascido, fraldas e adultos), agasalhos, calçados em geral, alimento não perecível de toda espécie (leite em pó e em caixa), analgésicos em geral, um veículo utilitário... (existem vilarejos, fazendas e povoados que estão sendo evangelizados e discipulados a mais de 8 km da Base da Missão).

#OBSERVAÇÃO: "Talvez você tenha em seu poder, em sua casa algum item desta lista e se o seu coração for tocado por Deus doe e faça a sua parte!"

"MINHA CASA É CASA DE ORAÇÃO" Mt 21.12
Sua doação é uma peça fundamental no crescimento da Igreja em Bom Jardim, esse sonho não é apenas de Deus mas de toda a comunidade cristã. Sua colaboração é um ato de Fé.

Nesta visão de Missões, Deus nos revela que "NÓS" (todos) devemos Alcançar a os não Alcançados! O mundo precisa de Jesus e só porque você não pode ir à pessoa a Alcançar aos não Alcançados não quer dizer que você não pode fazer a sua parte...

#Estamos Agora com uma Igreja Sede e mais 1 frentes missionária instalada em Arantina Cidade vizinha em Minas Gerais. Esse é um grande desafio e precisamos da sua ajuda para fazer a Obra de Deus dentro da Visão "Alcançando os Não Alcançados."

A sua oferta para missões irá ajudar a alimentar crianças e famílias, permitir que crianças sejam assistidas, prover transportação a eles, pagar contas para vacinas e ajudar a manter a igreja e moradia dos nossos missionários que vivem aqui. (BASE DE MISSÕES)
Para doar em favor da Missão e a obra do Ministério Anote as contas dos Bancos ITAÚ e BRADESCO.
#Agência: 5646 Conta Corrente: 228.42-8 ITAÚ
#Agência: 0958-0 Conta Corrente: 0005879-3 BRADESCO

Por certo, Deus estará abençoando-te grandemente.
Contamos com você neste grande desafio!

AD BOM JARDIM - MINISTÉRIO AGEU 2.9 INTERNACIONAL DE MISSÕES
Rua Francisco Santos, 159 - Centro - Cep: 37.310-000
Bom Jardim de Minas - MG
Fone:32 8510-0577 ou 7735-5793 ID: 104*196276
E-mail: guerrabrasil@msn.com

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Quirguistão: Cristãos Podem Enterrar Parentes se Negar Sua Fé em Cristo Jesus


Quirguistão: Cristãos Podem Enterrar Parentes se Negar Sua Fé em Cristo Jesus,


Quando Bakyt*, um cristão local quirguiz, estava morrendo de câncer, recebeu a visita de três moldos (líderes islâmicos) da mesquita local. Eles lhe disseram: "Se você não abandonar sua fé em Jesus, nós não permitiremos que sua família enterre o seu corpo no cemitério local". Sua resposta emocionada foi para que eles fossem embora.

Assim como Bakyt havia sido avisado, após sua morte, os irmãos de sua igreja foram forçados a mudar o local de seu túmulo três vezes. Em cada uma das tentativas, eles foram proibidos pelos líderes religiosos locais de enterrá-lo.

Essa situação trouxe muita amargura e tristeza para sua família, parentes e amigos. "Eu nunca pensei que não haveria lugar em nossa pátria onde poderíamos enterrar meu marido", disse Sarah*, esposa de Bakyt.

Casos recorrentes de perseguição à Igreja continuaram ocorrendo no Quirguistão. Mas, um dos mais comuns, é a pressão que a sociedade exerce sobre os membros da Igreja que tentam enterrar seus parentes (quirguizes), também cristãos.


Um caso alarmante aconteceu ano passado em dos vilarejos no sul do Quirguistão, quando líderes muçulmanos locais exumaram corpos de cristãos após descobrirem que eles haviam se convertido a Cristo antes de morrer. Por fim, os representantes da mesquita local forçaram os parentes dos cristãos mortos a enterrá-los em um cemitério fora do vilarejo.
-->

Historicamente, no Quirguistão e em outros países da ex-União Soviética, instalações e instituições, tais como cemitérios comunitários, são organizados separadamente, com base em princípios étnicos. Há um cemitério para o povo quirguis, que geralmente é chamado de cemitério muçulmano; o cemitério para russos é denominado de cemitério cristão. Há ainda outro cemitério para coreanos, e assim por diante.

Dessa forma, o problema é que quando um quirguiz se torna cristão e morre, os muçulmanos não permitirão que seus parentes o enterrem no cemitério reservado ao povo quirguiz, que é tradicionalmente muçulmano. Mas, ao mesmo tempo, os russos não permitirão que uma pessoa da etnia quirguiz seja enterrada no cemitério cristão, ainda que ela seja cristã.

Então a dúvida da igreja no Quirguistão permanece: "Onde poderemos enterrar nossos cristãos quirguizes?"

Pode parecer irônico, mas, mesmo depois da morte, um cristão quirguiz e seus irmãos, que ainda estão vivos, continuam sob pressão por professarem sua fé em Cristo.

*Nomes alterados por questões de segurança das famílias envolvidas.

Pedidos de oração
Ore a Deus pedindo por conforto aos cristãos quirguizes, que têm de lidar com essa situação e com as autoridades religiosas num momento de dor, após a morte de um ente querido. Peça para que cristãos e muçulmanos se respeitem mutuamente e vivam em paz. 

Fonte: Portas Abertas

sábado, 23 de novembro de 2013

Guerra: Um dia normal em hospital na Síria / Ore pela Síria

Esse fortíssimo vídeo mostra um dia rotineiro em um hospital na Síria. Impressiona os casos que estão ali esperando atendimento, entre eles, várias crianças. 

Quem aguenta trabalhar uma semana em um local assim? 

Imagens fortes e chocantes.
O mundo clama por socorro , será que estamos fazendo alguma coisa para acalentar o sofrimento alheio?

assista abaixo:
video
 

terça-feira, 5 de novembro de 2013

COMIDAS "TÍPICAS"

No mercado vietnamita da vila de Canh Nau, a cerca de 40 km de Hanói, ratos abatidos são vendidos como item de alimentação, ao lado de legumes e verduras.

Canh Nau é conhecida como a vila onde as pessoas comem carne de ratos, bem como outros tipos de carne de animais. Um quilo de ratos abatidos custa o equivalente a US$ 3,80. Cerca de 100 kg de ratos são vendidos por dia na aldeia.

Segundo a agência Reuters, no passado ratos eram consumidos pela população em razão da pobreza na região, mas agora eles passaram a ser uma iguaria especial no calendário do país.





Mercado Chines pensa em exportar carnes de rato para outras nações.....




Almoço de amanha.



A felicidade do irmão por ter um rato para a janta.







Carne de cachorro:
tradição na Coreia do Sul
Seul, 12 mai (EFE).- De sabor intenso e aroma penetrante, a carne de cachorro é uma iguaria para muitos sul-coreanos que, especialmente no verão, desfrutam pratos elaborados com este animal apesar da rejeição de uma crescente minoria.
O consumo de carne de cachorro ou 'Kaegogi' na Coreia do Sul é uma tradição de milhares de anos e se pratica de forma ocasional por ser um prato relativamente caro (de R$ 25 a R$ 40 por pessoa) e só disponível em restaurantes especializados.

Prato feito com carne de cachorro.






 Bicho da seda.





PRATOS TIPICOS DO PERU


aji de Gallida



CHAUFA DE MARISCOS



chaufa de pollo



CHICHA MORADA



creme feito no casco de uma tartaruga



lomo saltado



PACHAMANCA